quinta-feira, 23 de maio de 2013

Do que me lembro jamais eu falo. Só me dá saudade o que nunca recordo. Do que vale ter memória se o que mais vivi é o que nunca se passou? Fala de Sulplício
Mia Couto- O voo do flamingo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário